quinta-feira, 10 de maio de 2018

São muitas as lembranças / Café com prosa/ Laços e entrelaços das Famílias Ayres e Lima Loesch




Em dezembro de 2017, Loide Lima Loesch recebeu em sua casa, em Caxambu, para um café com prosa Graça Pereira Silveira, a Graça. Ela é a nossa pesquisadora "in loco" e  quem faz o trabalho de recuperação de nossas memórias junto aos nossos familiares, mas também de gente que fez e faz parte das histórias das famílias caxambuenses.


Desta vez recuperamos um dos muitos elos perdidos de nossos ancestrais no Chapeo, bairro de Baependi,  o Ramo dos Lima/Lorsch, e intrincada a rede de parentesco. Também fomos presenteados com muitas histórias, fotos, que deixam os nossos corações batendo forte. Ao alto, o casamento de Lídia e a grande família reunida, posando para eternidade.  Ao centro Pedro Francisco de Lima (1921-?) e Lina Amélia de Lima (1936-?), ele filho de Francisco Ignacio de Lima e Emilia Prudenciana de Jesus. Pedro era neto de José Ignacio de Lima e Fraujina Honória de Jesus, bisneto de Joao José de Lina e Silva (1798-1875), um senhor de escravos (leia aqui a história completa) e Joana Thereza Ribeiro, os  mais antigos ancestrais da Família Ayres/Lima/Loesch, registrados no censo de 1830, na cidade de Pouso Alto. Aos nossos antepassados nossas reverências.

Fotos:
Graça Pereira Silveira
Arquivo privado da Família Lima Loesch
Agradecimentos:
CEDEPLAR, UFMG

Nenhum comentário:

Postar um comentário